Pavlova de frutos silvestres e chocolate [Forest fruits and chocolate Pavlova]

 

(scroll down for English version)
 
Uma sobremesa vistosa, gulosa, decadente e saborosa é a proposta de hoje.
Foi especialmente concebida para um almoço com bons amigos, e como desculpa serviu para agradar as meninas no seu dia, o dia da Mulher.

A origem da Pavlova é disputada entre dois países, Nova Zelândia e Austrália, e dizem ter sido criada em homenagem à bailarina russa Anna Pavlova.
Ainda que a sua origem gere discussão, foi unânime a sua aprovação. Perfeita para dias mais quentes (como foi o caso do passado domingo), tem uma base de suspiro (crocante por fora e macio por dentro) e uma cobertura de natas e frutas que faz um contraste perfeito!
Para colmatar a gulodice, salpiquei com umas lascas de amêndoa tostada e um pouco de chocolate derretido.
Apesar do seu aspecto complexo, é na verdade simples de preparar e é perfeita para uma ocasião especial.
Experimentem, prometo que não se vão arrepender.
Ingredientes:
  • 5 claras de ovo
  • 200 g de açúcar
  • 1 c.chá de vinagre branco
  • 2 c.chá de amido de milho
  • 1 c.sopa de aroma de baunilha
  • 200 ml de natas para bater (+ 3 c.sopa de açúcar)
  • Frutas silvestres a gosto (usei uma mistura de framboesas, amoras, mirtilos, groselhas e morangos)
  • 50 g de chocolate meio amargo
  • Amêndoas laminadas torradas a gosto

 

Preparo – Modo Tradicional:
  1. Pré-aquecer o forno a 180 ºC.
  2. Forrar o tabuleiro de forno com papel vegetal ou com um tapete de silicone.
  3. Bater as claras com uma pitada de sal, até que comecem a formar uma espuma.
  4. Adicionar o açúcar aos poucos, batendo sempre até que o preparado comece a ficar brilhante e com picos firmes (aproximadamente 5 minutos).
  5. Juntar o amido de milho, o vinagre e o aroma de baunilha, cuidadosamente para manter o ar da mistura.
  6. Verter o preparado sobre o tabuleiro previamente forrado, dar uma forma circular, e levar ao forno, baixando a temperatura para os 140 ºC, por cerca de 1 hora.
  7. Quando começar a ficar ligeiramente dourado e a superfície estiver dura, desligar o forno e manter o tabuleiro no forno até que arrefeça (cerca de mais uma hora).
  8. Entretanto, bater as natas com o açúcar e verter sobre o merengue já frio.
  9. Sobre as natas dispor as frutas, as amêndoas e o chocolate derretido.

Preparo – Com robot de cozinha:

  1. Pré-aquecer o forno a 180 ºC.
  2. Forrar o tabuleiro de forno com papel vegetal ou com um tapete de silicone.
  3. No copo, colocar a borboleta, as claras com uma pitada de sal, e programar 7 minutos, velocidade 4. Aos poucos ir adicionando o açúcar.
  4. Juntar o amido de milho, o vinagre e o aroma de baunilha, e com o auxílio de uma espátula, envolver cuidadosamente para manter o ar da mistura.
  5. Verter o preparado sobre o tabuleiro previamente forrado, dar uma forma circular, e levar ao forno, baixando a temperatura para os 140 ºC, por cerca de 1 hora.
  6. Quando começar a ficar ligeiramente dourado e a superfície estiver dura, desligar o forno e manter o tabuleiro no forno até que arrefeça (cerca de mais uma hora).
  7. Entretanto, bater as natas com o açúcar e verter sobre o merengue já frio.
  8. Sobre as natas dispor as frutas, as amêndoas e o chocolate derretido.

 

 

 

 

 

A Petiscana no:

A fine, greedy, decadent and tasty dessert is today’s proposal .
It was specially created for a lunch with good friends.

The dessert is believed to have been created in honour of the dancer Anna Pavlova. 
Although the nationality of its creator has been a source of argument between the two nations for many years, the approval was unanimous.

 
Perfect for warmer weather (as was the case last Sunday) has a meringue base (crispy on the outside and soft on the inside) and a cover of whipped cream and fruit that makes a perfect contrast!
 

To increase the gluttony, I’ve sprinkled with some toasted almond and a little bit of melted chocolate.
Despite its complex aspect, it is simple to prepare and is perfect for a special occasion.
Try it! I promise you will not regret 🙂

Ingredients:

  • 5 egg whites
  • 200 g sugar
  • 1 tsp white vinegar
  • 2 tsp corn starch
  • 1 tbsp of vanilla flavor
  • 200 ml whipping cream ( + 3 tbsp sugar )
  • Berries to taste (I used a mixture of raspberries, blackberries , blueberries, currants and strawberries)
  • 50 g of semisweet chocolate 
  • Toasted almonds to taste
Preparation:


  • Preheat oven to 180 °C.

     


  • Line the baking sheet with parchment paper or a silicone mat.

     


  • Whisk the egg whites with a pinch of salt until they begin to form a foam.

     


  • Add sugar gradually, beating until it starts getting brighter amd with stiff peaks (about 5 to 7 minutes) .

     


  • Add corn starch, vinegar, and vanilla flavoring carefully to keep the air in the mixture.

     


  • Pour the preparation on the lined baking tray, giving a circular shape, and bake by lowering the temperature to 140 ° C for about 1 hour.

     


  • When you start to get slightly golden and the surface is hard, turn off the oven and keep the baking tray in the oven to cool down (about another hour ) .

     


  • Whisk the cream with the sugar and pour over the meringue already cold.

     


  • Arrange the fruit on the cream , sprinkle with almonds and melted chocolate

     

 

 

A Petiscana on:

 

 

 

Advertisements

17 thoughts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.