Frango com abóbora e cogumelos [Chicken and Sweet Potato Cacciatore]


Tenho uma verdadeira panca com livros de culinária, por mais que compre, há sempre mais um que me tenta e me “desgraça”.
A receita de hoje foi tirada do novo livro do Jamie Oliver – Receitas Saudáveis uma prenda de aniversário que já andava a namorar desde a sua publicação.

Tinha uma abóbora manteiga esquecida na fruteira, e queria uma receita salgada para a usar.
Depois de procurar, deparei-me com esta opção que de imediato me conquistou.
A sua cozedura lenta no forno, não só confere ao frango uma textura tenra deliciosa, como um sabor profundo e muito reconfortante.

Uma prato saciante, perfeito para ser consumido em dias frios.

 

*Fonte: Receitas Saudáveis – Jamie Oliver

Ingredientes:
  • 1 cebola
  • 1 alho-porro
  • 4 dentes de alho
  • 2 fatias de bacon
  • 2 ramos de alecrim fresco
  • azeite
  • 2 folhas de louro fresco
  • ½ abóbora manteiga ou batata doce, (600g)
  • 100 g de cogumelos frescos
  • 2 x 400g de tomate em conserva
  • 250ml de vinho tinto
  • 4 coxas de frango com osso
  • 8 azeitonas pretas (ou a gosto)
Modo de Preparo:
  1. Pré-aquecer o forno a 190 °C.
  2. Descascar a cebola e cortar em oitavos, lavar e cortar o alho-porro e descascar e cortar o alho e reservar.
  3. Colocar uma caçarola, que possa ir ao forno, em fogo médio. Cortar o bacon finamente, picar finamente as folhas de alecrim e colocar ambos na panela com uma colher de sopa de azeite e as folhas de louro. Mexer regularmente por 2 minutos, em seguida, adicionar o alho, seguido pela cebola e alho-porro. Cozinhar por 10 minutos, mexendo regularmente.
  4. Enquanto isso, picar a abóbora ou batata-doce (lavar primeiro) em pedaços médios, deixando a pele e descartando quaisquer sementes de abóbora. Adicionar os cogumelos laminados direto para a panela, juntamente com a abóbora picada ou batata-doce.
  5. Remover e descartar a pele do frango e adicionar o frango para a panela. Despejar o vinho e deixe reduzir um pouco, em seguida, adicionar os tomates e esmagar com uma colher de pau.
  6. Encher uma das latas do tomate com água e adicionar à panela misturando tudo.
  7. Remover os caroços das azeitonas, picá-las e adicionar ao ensopado. Levar a ferver ligeiramente, em seguida, transferir para o forno para cozinhar por 1 hora, ou até que fique espesso. Temperar a gosto e servir com pão.

 


Ingredients:

  • 1 onion 
  • 1 leek 
  • 4 cloves of garlic 
  • 2 rashers of higher-welfare smoked pancetta 
  • 2 sprigs of fresh rosemary 
  • olive oil 
  • 2 fresh bay leaves 
  • ½ a butternut squash or sweet potatoes , (600g) 
  • 100 g chestnut mushrooms 
  • 2 x 400 g tins of plum tomatoes 
  • 250ml  red wine 
  • 4 free-range chicken thighs, bone in 
  • 8 black olives (stone in) 
Preparation:
  1. Preheat the oven to 190°C. 
  2. Peel the onion and cut into eighths, trim, wash and slice the leek, peel and slice the garlic.
  3. Place a large ovenproof casserole pan on a medium heat. Finely slice the pancetta, pick and finely chop the rosemary leaves, then place both in the pan with 1 tablespoon of oil and the bay leaves. Stir regularly for 2 minutes, then add the garlic, followed by the onion and leek. Cook for 10 minutes, stirring regularly. 
  4. Meanwhile, chop the squash or sweet potato (wash first) into bite-sized chunks, leaving the skin on and discarding any squash seeds. Add the mushrooms straight to the pan, along with the chopped squash or sweet potato.
  5. Remove and discard the chicken skin and add the chicken to the pan. Pour in the wine and let it reduce slightly, then add the tomatoes and break them up with a wooden spoon. 
  6. Fill one tin with water and add it to the casserole and mix it all together. 
  7. Destone the olives, then poke them into the stew. Bring to a gentle simmer, then transfer to the oven to cook for 1 hour, or until thick, delicious, the chicken falls off the bone and the squash or sweet potato is lovely and tender. 

Advertisements

42 thoughts

  1. Nem me digas nada Ana.Pois panca de livros de culinária, acho que ninguém tem maior que eu…!!Adorei essa sugestão e tenho de fazer, pois ficou fantástico. Vês, o problema de termos panca de livros de culinária, é que depois, são tantos, que nos esquecemos o quão boas receitas há nos que vão indo para as prateleiras.Um beijinho,Lia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.