Tarte de Abóbora [Receita em vídeo]

Apesar de ser uma fã assumida do Verão e dos seus dias longos e quentes, confesso que já tinha algumas saudades de dias como os que se têm vindo a sentir ultimamente. Frescos e chuvosos, tão característicos do Outono.
Nesta altura, as comidas de conforto são bem vindas, e aqueles pratos que enchem a cozinha de delicioso aromas e sabores ricos, são mais que bem vindos.

Os Frescos Continente de Outubro são então dedicados a isso mesmo, aos dias mais aconchegantes e aos pratos de sempre, com a Maçã, a Cavala, o Pato e a Abóbora.

Consulta todas os benefícios, dicas para conservar, escolher e consumir, bem como receitas com estes frescos, para tal basta clicares abaixo.

https://primetag.net/pulse/14dmVLM8e/embed/document.addEventListener(‘DOMContentLoaded’,function(){var a=document.getElementsByTagName(‘IFRAME’),i;for(i=0;i< a.length;i++){if(a[i].src.indexOf(’14dmVLM8e’)!==-1){a[i].height=0}}});https://primetag1.azureedge.net/static/build/embed.js

Escolhi a abóbora porque acho que combina lindamente, quer em cores quer em sabores, com esta estação do ano.
A tarte em si, porque tinha muita curiosidade/vontade de provar. Acompanho muitos Bloggers/Youtubers americanos e anoto “milhões” de receitas que gostava de experimentar.
Esta foi uma delas, retirada do site Food Wishes.
Muito prática e rápida  de preparar e com sabores ricos e intensos, aconchega e conforta a alma e dá ânimo para os dias mais cinzentos, para além disso, deixa um cheirinho maravilhoso nas nossas cozinhas!

Ingredientes:

  • 1 base de massa quebrada
  • 3 gemas + 1 ovo
  • 1 lata de leite condensado
  • 400g de puré de abóbora (cozida ou assada)
  • 1 pitada de sal
  • 1 pitada de pimenta branca
  • 1 c.sopa de canela
  • 1/2 c.chá de noz moscada em pó
  • 1 c.chá de gengibre em pó
  • 1/2 c.chá de cravinho em pó
  • Natas batidas e canela em pó para servir

Preparo – Método tradicional:

  1. Numa tarteira de fundo amovível, untada, dispor a massa quebrada.
  2. Cobrir com papel vegetal e sobre o mesmo colocar leguminosas secas (usei soja e grão). Levar a massa ao forno a 180ºC por 15 minutos. Ainda quente, pincelar com clara de ovo e reservar.
  3. Numa tigela misturar os restantes ingredientes e verte a mistura sobre a massa pré-cozida.
  4. Levar ao forno a 200ºC por 15 minutos, em seguida, baixar o forno para 180ºC e deixar cozinhar mais 15 a 20 minutos.
  5. Deixar arrefecer completamente antes de servir.
  6. Servir com natas batidas em ponto de chantilly e polvilhar com canela.

Preparo – Com robot de cozinha:

  1. Numa tarteira de fundo amovível, untada, dispor a massa quebrada.
  2. Cobrir com papel vegetal e sobre o mesmo colocar leguminosas secas (usei soja e grão). Levar a massa ao forno a 180ºC por 15 minutos. Ainda quente, pincelar com clara de ovo e reservar.
  3. No copo, colocar os restantes ingredientes, programar 30 segundos, velocidade 3 e verter a mistura sobre a massa pré-cozida.
  4. Levar ao forno a 200ºC por 15 minutos, em seguida, baixar o forno para 180ºC e deixar cozinhar mais 15 a 20 minutos.
  5. Deixar arrefecer completamente antes de servir.
  6. Servir com natas batidas em ponto de chantilly e polvilhar com canela.

 

 

18 thoughts

  1. Olá Joana! Para fazer o puré, cortei a abóbora ao meio, retirei as sementes e levei ao forno (com a casca e tudo) com a parte cortada virada para baixo, a 180ºC por aproximadamente 30 minutos (até que picando com um garfo sintas que a abóbora não oferece resistência).Depois disso, retirar do forno, a casca sai facilmente. A abóbora fica tão macia que, só esmagando com o garfo, fica em puré :)Também a podes cozer em água, mas no forno, fica mais seca e, na minha opinião, mais saborosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.