Fogaças de Alcochete, receita by Sarinha

Para quem não sabe, sou residente em Alcochete. A minha terra natal é o Montijo (segundo a minha mãe, terei sido a última cesariana a nascer na maternidade do Montijo, antes da mesma fechar), mas vivo actualmente na linda terra de Alcochete.

Por aqui existem alguns doces típicos. O arroz doce e as fogaças são os principais.

Em Alcochete o arroz doce é branco, porque é confecionado sem a adição de ovos e manda a tradição que fique seco para que se possa cortar às fatias, ou em quadrados, mas claro que neste ponto há variações consoante o gosto de cada um.

Pessoalmente gosto mais do arroz doce cremoso e com a adição de gemas de ovo, por isso esta versão não é muito do meu agrado.
Já as fogaças, é outra conversa!

Um dos mais, senão o mais, emblemático doce de Alcochete é a fogaça, bolo quinhentista que está sempre presente nas festividades e no quotidiano dos alcochetanos. Com um forte sabor a canela e limão, crocante por fora mas mole por dentro, a fogaça está relacionada com a festa pascal do Círio dos Marítimos de Alcochete, que tem na sua origem uma promessa dos barqueiros de Alcochete à Senhora da Atalaia após terem sido salvos de uma tempestade no mar.
Desde então as fogaças são uma componente obrigatória desta Festa, e são leiloadas na segunda-feira do Círio, continuando a afirmar-se como uma obra-prima da doçaria local.

Desde pequena que como este bolinho, e é um dos queridinhos da minha família. Trazem-me muito boas memórias da minha infância 😊
Canela e limão são sempre um combinação vencedora e nestes bolinhos resultam na perfeição.

Apesar de gostar bastante das fogaças, nunca me tinha aventurado a prepará-las em casa pois, por alguma razão, imaginava que a receita seria bastante complexa.

E eis que a querida Sara, autora do Blog No Conforto da Minha Cozinha, publicou a receita destas meninas e veio desmistificar as minhas crenças. É que não há bolinho mais simples e fácil de preparar neste mundo!
Desde que vi a receita, que prometi que a experimentaria, e esse dia chegou!

Adoro as receitas da Sara. Tudo o que ela nos apresenta tem sempre um toque especial e percebe-se que ela põe muito amor em tudo o que faz.
Já tive o prazer de a conhecer pessoalmente e se existem pessoas 5 estrelas neste mundo, a Sara é uma delas! Na altura até comentamos uma com a outra que numa única tarde de conversa sentimo-nos como se já nos conhecêssemos à anos!
É tão conhecer pessoas assim😊

Mas voltemos à receita… Simples, fácil e com pouco ingredientes, preparam-se rapidamente e garanto que vai fazer sucesso!

No Blog da Sara, podem ver também a vídeo receita, onde percebem a simplicidade de execução da receita assim como o ponto esperado da massa.
A única alteração que fiz na receita foi a de dobrar a quantidade de canela, pois adoro, tudo o resto segui à letra e resultou lindamente bem! Ficam bastante próximas da receita tradicional.

Aproveitem que os dias já estão mais frescos e já apetece acender o forno, para fazerem estes deliciosos bolinhos.

Ingredientes:
→ 250g de farinha de trigo com fermento
→ 2 c.chá de canela em pó
→ Raspas de 1 Limão
→ 70g de manteiga amolecida
→ 5 c.sopa de água morna
→ 175g de açúcar amarelo
→ 1 gema de ovo para pincelar

Preparo – Modo Tradicional:

1) Peneirar a farinha para uma tigela, adicionar a raspa de limão e a canela e misturar.

2) Adicionar a manteiga a água e o açúcar e a amassar com a ajuda de uma batedeira com as varas de massa ou com as mãos  (se a massa estiver seca, adicionar mais uma ou duas c.sopa de água) até obtermos uma massa homogénea.
3) Formar bolinhas (no meu caso rendeu 9 bolas pequenas).
4) Forrar um tabuleiro com papel vegetal. Dispor as bolinhas sobre o tabuleiro forrado e  pincelar com a gema de ovo batido.
5) Levar ao forno a 180ºC por 15 a 20 minutos. Retirar as fogaças e deixamos arrefecer numa grade. Depois de frias guardar num recipiente hermético.
Preparo – Com robot de cozinha:

1) No copo colocar as cascas de 1 limão (só a parte amarela) e programar 10 segundos, velocidade 10.

2) Peneirar a farinha para o copo, e adicionar os restantes ingredientes com excepção da gema e programar 30 segundos velocidade 4 (se a massa estiver seca, adicionar mais uma ou duas c.sopa de água).
3) Formar bolinhas (no meu caso rendeu 9 bolas pequenas).
4) Forrar um tabuleiro com papel vegetal. Dispor as bolinhas sobre o tabuleiro forrado e  pincelar com a gema de ovo batido.
5) Levar ao forno a 180ºC por 15 a 20 minutos. Retirar as fogaças e deixamos arrefecer numa grade. Depois de frias guardar num recipiente hermético.
Anúncios

13 thoughts on “Fogaças de Alcochete, receita by Sarinha

  1. É o tipo de bolos que eu gosto de comer com um cházinho! Sabe tão bem no conforto do sofá! Por aqui, aquando das festividades do Divino Espírito Santo, faz-se arroz com ovos e sem ovos. Eu gosto de ambos embora penda sempre mais para o de ovos pois fica mais cremoso! Beijinhos

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.