Esparguete de polvo, para os mais aventureiros

Primeiro estranha-se, depois entranha-se.
Foi isso que aconteceu comigo com esta receita.
Quando me falaram das maravilhas do esparguete de polvo, na minha cabeça só pensei “está tudo doido, isso não soa nada bem!😱”… mas não podia estar mais equivocada!

Até pode não soar bem, mas acreditem é bastante saboroso!
Para quem aprecia arroz de polvo, arrisco até a dizer que esparguete de polvo é mais saboroso.

Sei que tradicionalmente na consoada de Natal, o Rei da mesa é o bacalhau, mas sei também de famílias que consomem polvo na consoada, e lembrei-me que esta poderia ser uma sugestão diferente para apresentar na mesa da consoada, para os mais aventureiros e que gostem de variar as opções que servem anualmente.

Desafio-o-vos a experimentar este prato, prometo que não se vão arrepender e mais ainda, vão ficar fãs! 😊

Obrigada ao Francisco pela partilha da receita, não estava mesmo nada crente, mas ainda bem que decidi experimentar, é realmente muito saboroso.

Ingredientes (para 4 pessoas):
→ 1 polvo médio
→ 1 cebola inteira com casca, com 3 cravinhos espetados
→ sal e pimenta a gosto
→ 1 cebola média descascada
→ 2 dentes de alho descascados
→ 2 tomates grandes maduros, sem peles nem sementes
→ 1 folha de louro
→ um fio de azeite
→ molho de Tabasco a gosto
→ 1 c.sopa de colorau em pó
→ 1 dl de vinho branco
→ 1 raminho de coentros (podem substituir por salsa se não apreciarem coentros)
→ 250g de esparguete partido em pedaços pequenos
→ 1/2 pimento vermelho sem sementes

Modo de Preparo:
1) Começamos por cozer o polvo e para tal, partilho convosco alguma dicas que farão com que nunca mais comam polvo rijo nas vossas vidas! Antes de colocar o polvo na panela de pressão vamos cortar as pontas de cada tentáculo, deverão cortar não mais de 2 cm de cada tentáculo.
Em seguida colocar o polvo na panela de pressão, cobri-lo com água, adicionar a cebola, com casca e com os 3 cravinhos espetados, temperar com sal e pimenta a gosto e tapar a panela de pressão. Levar ao lume alto e quando atingir pressão passar para lume médio e contar 20 minutos de cozedura. Passado esse tempo, remover a panela do lume, retirar a pressão, retirar o polvo da panela e reservar a água da cozedura, descartando a cebola.
2) Cortar o polvo em pedaços pequenos e reservar.
3) Numa panela grande colocar a cebola média e os alhos, tudo picado, regar com azeite a gosto, adicionar a folha de louro e levar ao lume a refogar, até que a cebola fique translúcida.
4) Adicionar o tomate cortado em pedaços pequenos e o vinho branco e deixar cozinhar até que o vinho reduza um pouco.
5) Juntar o polvo cortado em pedaços, temperar com Tabasco a gosto, adicionar o colorau em pó e 3/4 dos coentros picados. Envolver bem e deixar que cozinhe cerca de 5 minutos, em lume médio.
6) Da água da cozedura do polvo, medir 1L (se não tiver água da cozedura suficiente, complete com água limpa) e verter esse litro de água para o refogado de polvo. Rectificar os temperos se necessário e quando a água ferver juntar o esparguete deixando que cozinhe de acordo com as instruções do fabricante. Um pouco antes do esparguete estar cozinhado, adicionar o pimento cortado em pedaços pequenos.
Servir salpicando com os restantes 1/4 de coentros picados.

 

 

Anúncios

7 thoughts on “Esparguete de polvo, para os mais aventureiros

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.