Sericaia ou Cericá

20200512_193907 (1)

Sericaia, uma sobremesa que me faz lembrar pão de ló em versão cremosa, quase pudim, que muitos só gostam por causa da ameixa de Elvas que tradicionalmente a acompanham (o caso do meu pai), outros preferem  só com canela e sem a ameixa (o meu caso, confesso) e outros com tudo o que têm direito! 🙂

Sempre achei que esta sobremesa seria muito complexa de fazer, especialmente pelo preço que costumam cobrar por ela em restaurantes (só mais tarde percebi que o que encarece esta sobremesa é a ameixa em si!), mas a verdade é bastante simples de preparar. Com pouco ingredientes, que usualmente temos sempre em casa, podemos fazer esta sobremesa tão típica de terras alentejanas e tão saborosa.

Caso estejam à procura das ameixas em calda, podem encontrar à venda aqui.

Ingredientes: 

  • 6 ovos
  • 250g de açúcar
  • 6 c.sopa rasas de farinha peneirada
  • 500ml de leite
  • 1 pau de canela
  • casca de 1/2 limão

20200512_193933 (1)

Modo de Preparo:

  1. Separar as gemas das claras.
  2. Às gemas juntar o açúcar e bater até obter um creme esbranquiçado e fofo. Reservar.
  3. Numa tigela diluir a farinha no leite e adicionar o limão e a canela.
  4. Misturar o creme de gemas com a mistura de leite e farinha e levar ao lume brando até obter um creme. Retirar do lume e deixar amornar.
  5. Bater as claras em castelo com uma pitada de sal.
  6. Incorporar delicadamente as claras no creme e verter o preparado num prato grande que possa ir ao forno (usei um de barro). Levar ao forno, a 180ºC, por 30 a 40 minutos, até estar dourado e com algumas rachas (assim que sair do forno, estará inflado como um soufle, mas ao arrefecer perderá o ar e colapsará, não se assustem é normal). Servir frio decorado com canela em pó acompanhado de ameixas de Elvas em calda.

20200513_135955 (1)

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.